A Construção do Pensamento sobre o Internacional na Rússia


A compreensão sobre o internacional no século XX e o desenvolvimento do campo das Relações Internacionais ecoam particularidades do ambiente sociopolítico no qual são construídos. Isso pode ser percebido no caso da Rússia, onde a construção científica do campo está atrelada a projetos de nação que buscam imitar o Outro Ocidental, ou ontrapor-se a ele. O objetivo deste artigo é compreender o quadro contemporâneo das escolas de pensamento sobre o internacional naquele país. Para tanto, serão incorporados conceitos da sociologia do conhecimento e do construtivismo aplicado às Relações Internacionais a partir da noção de epistemologias geoculturais. Análises matriciais sobre a literatura revista serão o principal recurso de comparação das classificações propostas pelas obras selecionadas, com vistas a entender o impacto dos diferentes contextos sociopolíticos sobre a Academia. Conclui-se que o caso russo é um interessante exemplo no qual é possível observar a confluência de inclinações identitárias, projetos político-pragmáticos e a constituição dessa área do saber em torno do elemento Ocidental.


Se interessa pelo tema? Para ter acesso ao artigo, basta clicar aqui.

Destaques
Posts Recentes
Arquivos